Dicas ao Turista

Como economizar durante a viagem e não gastar mais do que pode?
Faça um planejamento diário de quanto pretende gastar com hospedagem, transporte, passeios, alimentação e compras. Sabendo o quanto está disposto a gastar, é mais fácil fazer opções durante a viagem. Lembre-se de que sempre se gasta um pouco mais do que o planejado, esteja preparado!

Passeios turísticos:
Ao contratar passeios com agências de turismo, fique atento às taxas de juros, se optar pelo parcelamento.
Fique atento! Os profissionais que se oferecem como guias turísticos devem ser sempre cadastrados no Cadastur e portar crachás de identificação pessoal, emitidos pelo Ministério do Turismo. Reclamações devem ser registradas junto à Secretaria de Turismo do local.

Sua segurança
Se você estiver numa cidade com um grande evento acontecendo, certos cuidados são importantes para evitar fraudes. Estudos do Serasa mostram que quanto maior o número de pessoas e transações comerciais que acontecem durante esses grandes eventos, mais fraudes financeiras contra empresas e consumidores são registradas. Veja como se prevenir:

Viajantes:
– Prefira sempre levar uma cópia autenticada dos seus documentos, ao invés dos originais;
– Se seu hotel tem um cofre à disposição, aproveite-o para guardar seus documentos originais;
– Se for levar seus documentos com você, faça uso de bolsos escondidos ou mochilas com compartimentos disfarçados;
– Confira sempre seus documentos antes de sair e ao voltar ao hotel;
– Sempre preste atenção à movimentação ao seu redor na entrada e saída de eventos e cuide dos seus pertences;
– Anote números de atendimento 24h de bancos e endereços de delegacias de polícia;
– Não perca de vista seus documentos quando solicitados para entrar em estádios, casas de show ou mesmo em estabelecimentos comerciais. Não deixe que atendentes de lojas, por exemplo, levem seus cartões bancários para longe de você;
– Tome cuidado ao digitar a senha do cartão de débito ou crédito, principalmente na presença de desconhecidos;
– Não informe os números dos seus documentos quando preencher cupons para participar de sorteios ou promoções de lojas.

No mundo virtual:
– Evite muitos detalhes sobre sua localização e hábitos de consumo em redes sociais, principalmente durante os eventos;
– Desconfie de mensagens recebidas de estranhos. Evite clicar em links e abrir anexos de fontes não confiáveis. Chamadas sobre os megaeventos esportivos podem ser um chamariz para o consumidor abrir essas mensagens. Cuidado!
– Não faça cadastros em sites que não sejam de confiança e tenha cuidado com sites que anunciam produtos ou ingressos por preços muito inferiores aos do mercado.

Confira as principais tentativas de golpe apontadas pelo Serasa:
– Compra de celulares com documentos falsos ou roubados.
– Emissão de cartões de crédito: o golpista solicita um cartão de crédito usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a “conta” para a vítima e o prejuízo para o emissor do cartão.
– Financiamento de eletrônicos (varejo) – o golpista compra um bem eletrônico (TV, aparelho de som, celular etc.) usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a conta para a vítima.
– Abertura de conta: golpista abre conta em um banco usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a “conta” para a vítima. Nesse caso, toda a “cadeia” de produtos oferecidos (cartões, cheques, empréstimos pré-aprovados) potencializa possível prejuízo às vítimas, aos bancos e ao comércio.
– Compra de automóveis: golpista compra o automóvel usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a “conta” para a vítima.
– Abertura de empresas: dados roubados também podem ser usados na abertura de empresas, que serviriam de “fachada” para a aplicação de golpes no mercado.

Lidando com dinheiro
Evite sacar grandes quantias de dinheiro em lugares afastados ou em horários com pouca circulação de pessoas. Procure agências bancárias em horário comercial, com a presença de seguranças. Quando for realizar um pagamento ou efetuar saques, confira o valor antes de digitar a senha e guarde sua via do recibo.

Dica aos estrangeiros!
Câmbio: turistas de outros países não devem trocar moedas internacionais com pessoas desconhecidas, mas sim em lojas de câmbio ou agências bancárias. Fique atento às taxas de conversão, que variam de acordo com o local escolhido. Para mais informações sobre câmbio e moeda, acesse http://www.bcb.gov.br/faleconosco ou ligue para 0800 979 2345.

Perdi meus documentos ou fui roubado, o que devo fazer?
Primeiro de tudo, não se desespere. Você pode criar um alerta no SerasaConsumidor, por e-mail ou pelo correio. Existem dois tipos de alertas, confira qual se adequa ao seu caso:
1. Acho que perdi meu documento, mas logo vou encontrá-lo!
Faça um Alerta Provisório.
a. Acesse http://www.serasaconsumidor.com.br/servicos-roubo-perda-de-documentos/
b. Clique em “Quero me Cadastrar”.
c. Preencha os seus dados e pronto! Você cadastra o alerta online com validade de 10 dias úteis para documentos e 3 dias úteis para cheques. Assim, você minimiza os riscos de fraude no seu nome e ganha tempo para sustar os cheques no banco e dar entrada na 2ª via dos seus documentos.

2. Tenho certeza de que perdi ou fui roubado.
Faça um Alerta Permanente.
a. Vá até a delegacia de Polícia Civil mais perto e registre um Boletim de Ocorrência ou faça-o via internet.
b. Acesse http://www.serasaconsumidor.com.br/servicos-roubo-perda-de-documentos/ e preencha a declaração de inclusão disponível para download.
c. Imprima o documento, assine e junte com a cópia do boletim de ocorrência.
d. Envie tudo para atende.consumidor@br.experian.com e depois confirme o envio dos documentos pelo telefone: (11) 3373-7272. Se preferir, você também pode mandar toda a documentação pelo correio, no seguinte endereço: Rua Antônio Carlos, 434, Cerqueira César. São Paulo – SP – CEP 01309-010.
Previna-se das fraudes e acompanhe o seu CPF 24h por dia em qualquer lugar com o Me Proteja no site do SerasaConsumidor.
Adquira já!
Mas, qual a diferença?
Furto: quando você não percebe a ação do criminoso.
Roubo: quando há a abordagem de um criminoso.
Atenção: em caso de perda do cartão de crédito, comunique imediatamente ao seu banco. Para roubo, vá à delegacia de polícia mais perto e registre um boletim de ocorrência.

Dica aos estrangeiros!
Mantenha passaporte e visto em segurança e faça cópia deles por precaução. Tais documentos são indispensáveis durante sua permanência no Brasil. Se houver perda, furto ou roubo, dirija-se imediatamente ao consulado do seu país. Veja no link do Itamaraty a relação dos endereços dos consulados no Rio de Janeiro:
http://www.itamaraty.gov.br/temas/embaixadas-e-consulados.