8 de março Dia Internacional da Mulher

Dia Internacional da Mulher é comemorado em 8 de março mas o que temos a comemorar?

Continuamos vendo pesquisas que mostram que mulheres ainda ocupam pouco espaço no mercado de trabalho principalmente em cargos de chefia e direção. Continuamos assistindo a tristes notícias de mulheres sendo assassinadas por seus companheiros! Mulheres pardas ou negras continuam sendo discriminadas pela sua cor de pele.

Apesar de alguns avanços ainda constatamos a discriminação sobre as mulheres seja na vida familiar ou profissional.

No Brasil, conforme dados mais recentes de pesquisa do IBGE, além do baixo percentual de mulheres em posição de liderança, elas ganham 20% menos que homens desempenhando as mesmas funções. E de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), as mulheres representam apenas 20% dos profissionais de tecnologia no Brasil. Já na área de marketing, essa representatividade é de 56%, de acordo com análise da Associação de Marketing Promocional (Ampro).

Em cargos de liderança, uma a cada 10 posições de CEO é ocupada por mulheres ou negros, ou seja, 90% dos CEOs das empresas brasileiras são homens brancos, de acordo com a pesquisa da Page Executive, unidade de negócio do PageGroup especializada em recrutamento e seleção de executivos para alta direção, em parceria com a Fundação Dom Cabral.


Vemos que as mulheres ainda dependem de muita luta, principalmente após o início da pandemia que escancarou as desigualdades sociais, a falta de equidade de gênero no mercado, a crescente violência doméstica e a escalada insana do feminicídio. Ironicamente, esse período ratificou a importância da mulher como o centro familiar.

 O Instituto Abradecont vem aqui se solidarizar a todas as mulheres mães, filhas, chefes de família, consumidoras, verdadeiras guerreiras que nunca desistem de lutar por seus direitos tampouco de correr atrás de realizar seus sonhos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat